Pages

terça-feira, 10 de março de 2009

Ryle fala sobre o pecado


No seu livro, Santidade, sem ao qual ninguém verá ao Senhor, Ryle fala sobre o pecado.
É bem pertinente falar sobre o pecado quando se fala de santidade. Afinal, a santidade acaba onde o pecado começa. Sim, a recíproca também é verdadeira.

O que se vê hoje é uma cauterização do pecado. Como falei num post anterior, o que antes era preto, facilmente notado como pecado, começou a se tornar cinza, isto é, não é mais percebido claramente como pecado e pertence à esfera da dúvida. E, não raramente, o que era preto já é branco, ou seja, não é mais considerado pecado. É, ironicamente, visto como algo lícito.

O que esse livro mostra é que um falso entendimento do que é pecado dá também uma falso entendimento do que é santidade.

Então, coloquei aqui algumas passagens sobre o pecado para que venhamos a entender melhor o que é esse maldito ato (ou pensamento) que tira nossa comunhão com Cristo. E, ao percebê-lo (o pecado), possamos fugir dele.

"O menor desvio interno ou externo de um absoluto paralelismo matemático com a vontade e o caráter revelados de Deus constitui um pecado(...) " p. 22

"O pecado aproxima-se de nós à semelhança de Judas, com um ósculo, ou como Joabe, com a mão espalmada e palavras de lisonja. (...) Ficar andando ociosamente no pátio de seu palácio parecia algo inocente para Davi, mas terminou em adultério e homicídio." P. 28

"Estou convencido de que o primeiro passo para quem quer atingir um padrão elevado de santidade é perceber plenamente a tremenda pecaminosidade do pecado." P. 35

Em Cristo,

Felipe Prestes

2 comentários:

karla disse...

Oi Felipe,
Tenho acompanhado seus posts sobre a obra de Ryle e fico surpresa a cada trecho que leio desse livro.
Agradeço ao Senhor pela oportunidade de poder refletir sobre essas palavras e por sua sensibilidade ao desejar compartilhar os pensamentos desse escritor conosco.
Fico aguardando o próximo post :)

Felipe Prestes disse...

Karla,

Que bom que você tem gostado desse livro. Ryle mostra uma sensibilidade impressionante quando trata de assuntos espirituais.
Sim, novas postagens virão. Pode aguardar. =D...

Em Cristo,

Felipe Prestes